Há novas histórias sobre a intimidade na família real britânica, sobretudo entre Diana e Carlos.

Robert Lacey, consultor da série 'The Crown' e historiador, lançou um novo livro, desta vez com mais revelações sobre a vida sexual da princesa Diana com o príncipe Carlos.

De acordo com o jornal 'The Sun', Diana lamentava o facto de Carlos não mostrar que a desejava e chegou mesmo a consultar as amigas para receber alguns conselhos. "Talvez ela devesse tentar embebedar Carlos uma noite", terá dito uma amiga. "Tu sabes o que acontece ao órgão vital sob a influência de demasiado álcool. E desligar as luzes e usar uma peruca loira... desta forma ela poderá confundir-te com Camilla", terá dito uma outra amiga, do grupo de amigas com quem Diana viveu em Londres, quando era educadora de infância.

"Diana riu-se às gargalhadas. Depois de algum tempo e reflexões tristes, ela passou a aceitar a realidade da 'mulher' do seu marido na sua vida," descreve o livro do historiador.

Diana e Carlos estiveram casados durante 11 anos e a princesa de Gales soube, desde sempre, que havia uma terceira pessoa (Camilla) no casamento, até porque o filho da rainha passava a maior parte do seu tempo na casa de campo, nos subúrbios de Londres, que ficava perto da casa de Camilla.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.