As temperaturas baixas em Portugal vão continuar e a verdade é que nem nós nem as nossas casas estão preparados para tanto frio.

Estas temperaturas já levaram a que alguns distritos reforçassem o apoio às populações, mas os cuidados devem ser tomados por todos, face ao frio que assola o país.

Por isso, a Direção-Geral da Saúde deixou alguns conselhos: manter o corpo quente com várias camadas de roupa; evitar a exposição prolongada ao frio e mudanças bruscas de temperatura; proteger as extremidades do corpo (utilizando luvas, gorro, cachecol, meias quentes e calçado quente e antiderrapante); manter a hidratação, ingerindo sopas e bebidas quentes e evitando o álcool que proporciona uma falsa sensação de calor.

A DGS recomenda ainda a prática de exercício físico como forma de resistir ao frio, por ser uma fonte de calor interna, mas com cautela, tendo em atenção se deve ser feito no exterior ou em local fechado. São ainda desaconselhados banhos demasiado quentes, por remover a camada protetora da pele, deixando-a seca e frágil.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.